27.2.12

Carta de Stephen King à ele mesmo, no passado, traduzida.


Lembram do livro Dear Me: A Letter to my Sixteen Year Old Self, onde famosos escreviam cartas para eles mesmos, mas no passado? Abaixo segue a carta de King traduzida, que se focou em seu problema com as drogas:




Querido eu,

Estou escrevendo do ano de 2010, onde cheguei à idade totalmente ridícula de 62 anos, para lhe dar um pequeno conselho. É simples, sério, apenas cinco palavras: fique longe de drogas recreativas. Você tem bastante talento, e vai fazer milhares de pessoas felizes com suas histórias, mas - infelizmente, mas é verdade - você também é um viciado em espera. Se você não ler essa carta e mudar seu futuro , pelo menos dez bons anos de sua vida - dos trinta aos quarenta - serão uma espécie de eclipse negro onde você vai desapontar muita gente e não conseguirá aproveitar seu próprio sucesso. Você também chegará perto da morte em diversos momentos. Faça a você mesmo um favor e aproveite um mundo mais brilhante e mais produtivo. Lembre-se disso, como o amor, resistência à tentação faz o coração mais forte. 


Fique limpo. 


Stephen King.

Um comentário:

Marisa Telo disse...

Fiquei emocionada ao ler. Bom saber que até mesmo o meu deus-literatura é um homem, de carne e osso... e que também gostaria de poder reescrever um trecho de sua própria história.