1.3.08

Fúria


Fazendo a lista de livros que tem do lado direito do blog, descobri a existência do livro Fúria (Rage) lançado por SK na época em que ele estava usando o pseudônimo de Richard Bachman. Foi um dos primeiros livros lançados por SK (1977, sendo que ele começou a escrever 11 anos antes).
Esse livro conta a história de Charlie Decker um estudante do colegial que aos poucos começa a se revoltar contra todo tipo de autoridade. Ele vai ficando cada vez mais louco e chega um momento em que ele mata seus professores e até alunos. Charlie afirma no livro que não sabe por que faz isso e que se soubesse certamente não faria (realmente um louco).
O problema desse livro é que ele influenciou duas pessoas na vida real a fazer a mesma coisa que Charlie Decker. Michael Carneal atirou em 3 estudantes em 1997, em Kentucky, EUA. Uma cópia de "Rage" foi encontrada em sua gaveta. Outro estudante com nome não revelado cometeu seus crimes de forma muito semelhante ao ocorrido no livro, embora ele tenha alegado que não tinha lido o livro.
Após esses crimes, Stephen King tirou o livro de circulação e hoje esse livro é considerado raro.

4 comentários:

Devilrose disse...

Rage me parece ser um ótimo livro...pena que é raro. Não acho certo livros serem tirados de circulação! Pessoas cometem esses tipos de crime porque tem problemas...ou tem uma "cabecinha" ...fácil de serem levadas por algo simples e bobo! Ou melhor ainda, colocam a culpa nos livros ò.ó!
Moço...adorei *__*

slayer.1975 disse...

Parabéns pelo blog, cara! Da hora mesmo! Quanto à conexão dos livros da série "A Torre Negra" com LOST, pelo que vc está citando, vai muito mais além do que eu espereva! Já pensou se realmente a série servir como gancho para uma mini-série (CLARO, estamos falando de uma super produção) sobre a obra do gênio Stephen King? É de arrepiar! Todos ficaram meio ressabiados quando JJ Abrams comprou os direitos de adaptação (pela bagatela de 19 MILHÕES de DÓLARES, RAPAAAAAAZ!) pois se trata de um nome "novo" no mundo do entretenimento mas pelas coisas que vc falou aqui, acho que o projeto ainda está em boas mãos. É esperar pra ver...
Grande abraço!

Dérick disse...

Tenho Rage na edição de "The Bachman Books" e tenho a infelicidade de dizer que não é bom. Achei a história sem nexo e com diversos flashbacks desnecessários, além de uma hsitória "sem história".
Sou um grande fã de SK, tenho uns 30 livros dele e esse foi de longe o mais chatinho de todos.
Mesmo assim no mesmo livro tem "The Long Walk" que eu adorei demais. Não sei como é a tradução deste livro, e não, não é a Auto-Estrada.
The Long Walk merece um troféu por ser tão legal e ter uma história que me surpreendeu muito.


*Seu BLOG é EXCELENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Continue a escrever sempre que eu sempre vou estar te visitando!

Camila Monteiro disse...

Putz... demorou pra alguém fazer isso né?! Agora perdemos um excelente livro por isso! Agora to louca por ele hehehehehe